Home Atualidades Brasília Vigilantes iniciam mais uma ação para garantir que lei seja cumprida

Vigilantes iniciam mais uma ação para garantir que lei seja cumprida

O Sindicato dos Vigilantes do Distrito Federal (Sindesv-DF) iniciou, nesse domingo (16), uma importante ação para que a lei distrital 4.794/2012 e a Convenção Coletiva de Trabalho da categoria, que garantem os postos de trabalho em caso de troca de empresa, sejam cumpridas. O movimento consiste em não deixar que os novos empregados da empresa Ipanema assumam os setores que atualmente estão ocupados por vigilantes mais antigos.

Em uma recente licitação para o serviço, que passa a valer a partir desta segunda (16), a empresa foi vencedora de alguns lotes. No entanto, de forma negligente, se negou a manter os trabalhadores que já estavam nas locais de trabalho, descumprindo a lei e a CCT. De acordo com o diretor do sindicato, Roberto Miguel, “o objetivo da ação não é causar conflitos entre os trabalhadores”. “Queremos apenas assegurar que a lei e a nossa Convenção sejam cumpridas, garantindo, assim, o emprego de vários trabalhadores que estão nesses postos há mais de 10 anos”, ressaltou o dirigente.

Paralisação
Essa não é a primeira mobilização da categoria contra os descumprimentos da lei. Na quarta (11), trabalhadores que prestam serviço de vigilância nos hospitais regionais de Sobradinho, Planaltina e do Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib) realizaram paralisação que se estendeu por todo o dia.

“A lei e a nossa CCT são claras: a empresa que ganhar licitação é obrigada a manter os trabalhadores. Realizamos várias reuniões para tentar solucionar isso, mas ainda não conseguimos. E o GDF continua omisso”, denuncia o dirigente do Sindesv, Gilmar Rodrigues.

Fonte: CUT Brasília