Home Cultura CUT Brasília promove seminário em comemoração ao centenário da Revolução Russa

CUT Brasília promove seminário em comemoração ao centenário da Revolução Russa

A Central Única dos Trabalhadores de Brasília realizará o Seminário “Volver a los 17, después de vivir un siglo”, em comemoração ao centenário da Revolução Russa. O evento acontece no dia 14 de julho, das 9h às 18h, na sede da Contag, e será voltado para os dirigentes sindicais, militantes sociais, estudantes e professores. Mais que um marco histórico, o momento é crucial para a realização de um balanço político e um debate de estratégias.

“Mesmo cem anos após a Revolução Russa, a estratégia revolucionária da classe trabalhadora permanece vigente. As revoluções futuras não serão iguais às passadas, com certeza. Mas, faz-se necessário rever os fatos para consolidar os ideais de luta para o século XXI”, afirma Rodrigo Rodrigues, secretário geral da CUT Brasília, ao tratar da importância de defender e propagar esse rico legado.

O seminário faz parte da fase preparatória da 15ª Plenária Estatutária – Congresso Estadual Extraordinário e Exclusivo da CUT Brasília e contará com os seguintes debatedores:

– Valter Pomar, professor da Universidade Federal do ABC;
– Olga Freitas, professora da Secretaria de Educação do DF;
– João Felício, presidente da Confederação Sindical Internacional;
– Tatau Godinho, Marcha Mundial das Mulheres;
– Júlio Turra, dirigente da Central Única dos Trabalhadores;
– João Pedro Stédile, integrante da Coordenação Nacional do MST.

As inscrições são gratuitas e deverão ser realizadas até o dia 12 de julho, pelo WhatsApp (61) 99944-2853 ou no email secretariageral@cutbrasilia.org.br, informando nome, email, telefone e entidade.

Será servido almoço opcional no local, no preço de R$ 25 por pessoa. A organização informa que o valor da refeição deverá ser pago no ato do credenciamento, apenas em dinheiro.

Recordando

No começo do século XX, a Rússia era um país de economia atrasada e dependente da agricultura. Naquela época, as greves de trabalhadores urbanos e rurais espalhavam-se pelo território russo. Ocorriam muitas vezes motins dentro do próprio exército nacional. As manifestações populares pediam democracia, mais empregos, melhores salários e o fim da monarquia czarista.

Os bolcheviques, liderados por Lênin, organizaram uma grande revolução que culminou em outubro de 1917. Prometendo paz, terra, pão, liberdade e trabalho, Lênin assumiu o governo da Rússia e implantou o socialismo. As terras foram redistribuídas para os trabalhadores do campo, os bancos foram nacionalizados e as fábricas passaram para as mãos dos trabalhadores.

Serviço

Seminário sobre o centenário da Revolução Russa e seu legado
Data: 14 julho (sexta-feira)
Horário: De 9h às 18h
Local: Contag (SMPW Quadra 01 Conjunto 02 Lote 02 – Núcleo Bandeirante)

Fonte: CUT Brasília