Dirigentes sindicais expõem desafios da classe trabalhadora diante pandemia

Nesta quinta-feira (21), representantes sindicais de diversas categorias de trabalhadores do DF participaram da Plenária Virtual Ampliada, realizada pela CUT-DF e pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O encontro, que teve a participação de mais de 50 pessoas, levantou os ataques e os desafios enfrentados pelos trabalhadores e trabalhadoras do DF em meio à pandemia do novo coronavírus.

“Precisamos ter uma estratégia sindical para atuar nessa situação. No entanto, antes disso, é fundamental ouvir os vários setores para que seja apresentada as realidades de cada categoria. Só assim, conseguiremos elaborar um plano de lutas que abranja todos os trabalhadores”, disse o presidente da CUT-DF, Rodrigo Rodrigues.

Demissão em massa, redução salarial, ausência de equipamentos de proteção individual, direitos trabalhistas desrespeitados com o trabalho home office (de casa), complicações para fechamento de acordos e convenções coletivas no encerramento da data-base e até a ameaça de trabalhadores em situação de risco voltarem ao trabalho, foram alguns dos cenários apresentados pelos sindicalistas.

Segundo o representante do Dieese-DF, Clovis Scherer, que abriu os debates da Plenária Virtual Ampliada, com base em uma análise trimestral realizada pela entidade, a taxa de desemprego no DF passou 18% para 20% em comparação ao mesmo período do ano passado. Para o economista, essa elevação resultará em inúmeros problemas sociais que terão impacto diretamente na vida dos trabalhadores.

“Essa discussão (a Plenária Vitual) terá um retorno positivo para o movimento sindical que, a partir dessas informações, poderá traçar diretrizes de atuação que seja unitária entre as diversas categorias. É fundamental que debatamos também a participação dos sindicatos nas discussões para retomada econômica do DF”, afirmou.

As informações sobre a classe trabalhadora do DF denunciadas no debate virtual serão sistematizadas pelo Diesse e apresentadas em uma Live na terça-feira (26), na página da CUT-DF no Facebook. A partir do debate feito nesta quinta-feira, a CUT-DF ainda realizará na próxima semana uma série intitulada “Covid-19: Trabalhadores no centro do debate”, que abordará todos os dias a realidade de uma categoria específica e as estratégias dos sindicatos representantes.

“Temos que criar as condições para que a classe trabalhadora volte para um ciclo de conquistas e avanços”, finalizou o presidente da CUT-DF, Rodrigo Rodrigues.

Fonte: CUT-DF

Deixe um comentário:

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome