SJPDF pede prioridade em investigações e questiona GDF sobre falta de atuação contra agressões

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do DF solicitou à Secretaria de Segurança Pública do DF que dê atenção especial às investigações envolvendo as agressões cometidas contra jornalistas nos últimos dias, tanto na sexta-feira (01/05) quanto no domingo (03/05).

Já há inquérito instaurado na Polícia Civil e o pedido do Sindicato é que ele seja conduzido com prioridade, tendo em vista o grave atentado à liberdade de imprensa e à democracia. Também solicitamos que seja apurada a atuação da Polícia Militar no episódio, já que recebemos denúncias de que teria ocorrido omissão na prestação de socorro aos profissionais de imprensa agredidos.

O SJPDF também já questionou o governo do DF sobre quais medidas estão sendo tomadas para evitar novas aglomerações e atuações violentas por parte dos grupos que, além de defender o governo do presidente Jair Bolsonaro, atacam instituições como o Judiciário e o Legislativo, em flagrante ato inconstitucional. São esses mesmos grupos que, de forma sistemática, ofendem e colocam em risco a vida dos jornalistas do Distrito Federal.

Ainda na segunda-feira (04/05), o SJPDF solicitou também providências por parte do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República e colocou-se à disposição do Ministério Público do DF e Territórios para auxiliar nas apurações demandadas pela Procuradoria-Geral da República.

Basta de ataques contra jornalistas!

Fonte: SJPDF

 

Deixe um comentário:

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome