EAD | Sinpro reafirma necessidade de uma educação pública e de qualidade para todos

Ao longo de nossa história, uma das grandes lutas do Sinpro tem sido a necessidade de uma educação pública de qualidade para todos(as). Em meio à pandemia do Coronavírus, o sindicato se posicionou, desde o início, contrário às vídeo aulas, opinião expressa por meio de documentos encaminhados ao Conselho de Educação do Distrito Federal (CEDF) e ao secretário de Educação do DF.

No Parecer n. 33/2020, o Conselho autoriza as instituições educacionais da rede pública e privada de ensino a ajustarem a organização pedagógica/administrativa, bem como o calendário escolar por meio de teleaulas durante o período de suspensão das atividades escolares. Para a secretaria, a medida seria uma medida de adequação à atual realidade imediata trazida pelo Coronavírus.

A medida não se encaixa à realidade dos estudantes da rede pública de ensino, uma vez que a grande maioria não dispõe de computadores ou ferramentas necessárias para o estudo por meio de Ensino à Distância (EAD). A aplicação deste parecer prejudicaria, e muito, grande parcela dos(as) estudantes.

Confira nos links abaixo os documentos enviados pelo Sinpro à SEE e ao CEDF.

Documento 1

Documento 2

Fonte: Sinpro-DF

Deixe um comentário:

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome