Entenda porque o mercado internacional bate palmas para o fechamento da Fafen-PR, da Petrobrás

No dia 14 de janeiro, a Petrobrás anunciou pela mídia o fechamento da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen), de Araucária, no Paraná. Junto com o fechamento, a demissão de mais de mil trabalhadores. O anúncio provocou uma greve geral da categoria, iniciada no dia 1º de fevereiro, uma das maiores da história da categoria.

Muito pouco a mídia vem falando sobre a greve dos petroleiros e petroleiras e, muito menos, sobre o que é a Fafen e qual a sua importância. Entretanto, a fábrica, a única deste tipo no Brasil, interfere diretamente na economia, e deixa o país refém do mercado internacional. Além disso, a desindustrialização do Brasil amplia ainda mais o número de desempregados, que já está em mais de 13 milhões.

Quem explica é Gerson Castellado, petroleiro da Fafen-PR e dirigente da Federação Única dos Petroleiros (FUP).

Fonte: CUT-DF

Deixe um comentário:

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome