Entregadores por aplicativo se reúnem nesta quinta (13)

Nesta quinta-feira (13), os entregadores por aplicativos se reúnem na CUT-DF para organizar a mobilização e a luta  para o próximo período. A ideia é discutir as condições de trabalho, a desvalorização da mão de obra e outros temas pertinentes aos trabalhadores que atuam no ramo. O encontro acontece no auditório da Central, a partir das 15h.

As reivindicações da categoria foi tema de encontro entre o presidente da CUT-DF, Rodrigo Rodrigues, e o secretário do Trabalho do DF, Thales Mendes, na segunda (3). Rodrigues, lembrou que as empresas que dominam o mercado de aplicativos de serviços de entrega alimentícia são atualmente uma das principais empregadoras.

Entretanto, os trabalhadores que atuam no seguimento não têm qualquer tipo de garantia trabalhista. Sequer locais de apoio para utilizar nos períodos fora do horário dinâmico (quando há menos pedidos de entrega). “Eles não têm um espaço para coisas básicas, como beber água ou utilizar o banheiro, por exemplo. A pauta que trazemos aqui trata de dignidade”, denunciou o presidente da CUT-DF.

O representante dos entregadores por aplicativo no DF, Pedro Mendes, também esteve no encontro e fez um breve panorama da realidade da categoria. “A média de um salário nosso é de R$ 700 a R$ 1.000 mensais, com uma jornada de 12 horas diárias”, relatou.

Fonte: CUT-DF

Deixe um comentário:

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome