MAZÉ MORAIS | Ataque do agronegócio é violência contra trabalhadoras rurais

Mazé Morais é agricultora familiar, trabalhadora rural do município Batalha (PI), secretária de Mulheres Trabalhadoras da Contag e coordenadora geral da 6ª Marcha das Margaridas (2019). Para ela, a violência contra as mulheres do campo, das florestas e das águas se expressa também pelo ataque do agronegócio nos territórios rurais e do não reconhecimento ao trabalho de produção de alimentos saudáveis. “No atual cenário de retrocesso de direitos para a classe trabalhadora, sobretudo para as mulheres, é fundamental reafirmar a luta por uma sociedade mais justa e democrática, que assegure os direitos da população”, diz.

Este é o sexto da série de 21 vídeos produzidos pela CUT Brasília sobre a violência contra as mulheres nas relações de trabalho. O material faz parte da campanha 21 Dias de Ativismo Feminista Pelo Fim da Violência Contra a Mulher.

Leia também: 21 DIAS DE ATIVISMO FEMINISTA | CUT reflete sobre violência contra as mulheres nas relações de trabalho em http://bit.ly/343ynvE

Deixe um comentário:

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome