Em audiência pública na Comissão de Legislação Participativa (CLP) da Câmara dos Deputados, nessa quinta-feira (27), o presidente da CUT Brasília, Rodrigo Britto, disse que a iniciativa de trabalhar pela privatização, adotada pelo GDF, vai contra princípios de um governo democrático.  Ele cobra do governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), compromisso e responsabilidade social com o poco de Brasília. Leia mais em http://bit.ly/2ZWwcaV

Fonte: CUT Brasília

Deixe um comentário:

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome