Com salários atrasados por dois meses, podadores cruzam os braços

Os trabalhadores responsáveis pela podagem e manutenção de áreas verdes em Brasília, ligados à empresa LG Engenharia, paralisaram as atividades nesta segunda (6). A ação é uma contraposição ao atraso de dois meses no pagamento do salário, passagem e ticket refeição.

De acordo com o Sindlurb – sindicato que representa a categoria -, essa é uma prática recorrente da organização que, inclusive, responde na Justiça uma ação coletiva pelos mesmos motivos. A entidade afirma ainda que continuará acompanhando a situação e cobrando um posicionamento da empresa.

Na próxima quarta (8), a representação trabalhista se reúne com o jurídico do sindicato para que estabeleçam as medidas necessárias para o cumprimento das obrigações trabalhistas.

”Iremos continuar a disposição dos funcionários para que essa situação seja resolvida da melhor maneira possível e os trabalhadores consigam receber seus salários” afirma o diretor do Sindlurb/DF, Raimundo Nonato.

Fonte: CUT Brasília com informações do Sindlurb-DF

Deixe um comentário:

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome