Monja Coen: “Lula está forte e firme, pelo Brasil”

A Monja Coen, missionária oficial da tradição Soto Shu, visitou o ex-presidente Lula na sede da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, nesta segunda-feira (30). Na chegada ao local, junto com os militantes da Vigília Lula Livre ela plantou uma árvore pela liberdade de Lula.

“Há uma semana soube que viria aqui encontrar o presidente e senti uma mistura de alegria e tristeza. Alegria por encontrá-lo e tristeza por ser nessa situação. Ele me recebeu com muito amor, muito carinho. Ele está lá preso, porém com um olhar amoroso e terno, agradecendo a vocês”, relatou, em referência aos militantes da Vigília Lula Livre, que estão nas proximidades da Polícia Federal desde o dia 7 de abril, quando Lula decidiu cumprir a decisão Judicial.

Lula disse que acredita que tem uma força maior que o conduz, relatou a Monja Coen impressionada com a força deste homem que teve uma infância pobre e difícil e, como presidente, voltou o olhar para os mais necessitados do país.

“Um menino tão pobre, que teve uma vida tão difícil está forte e firme pelo Brasil”.

Segundo ela, Lula está lendo muito, fazendo muitos exercícios. “Diz que está usando o tempo para o conhecimento. E que o Brasil tem jeito e que vai voltar a crescer”.

“E ele encerrou dizendo que vai me encontrar lá no meu templo em São Paulo. E disse que as coisas são como são. Mas que não são eternas, são transitórias. E mandou sua gratidão profunda pra todos que estão na Vigília e torcendo por ele pelo Brasil afora”, finalizou.

“A raiva e o rancor nos aprisiona. A liberdade é não sentir rancor de ninguém. Nós só queremos Lula Livre. E rapidinho!”, pediu a Monja Coen.

CUT Nacional com informações do Brasil 247

 

Deixe um comentário:

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome