Sindlurb/DF participa de audiência nesta quarta (11)

Nesta quarta-feira (11), o sindicato que representa os trabalhadores em limpeza urbana no Distrito Federal, Sindlurb/DF, participará de audiência para tratar da situação dos garis que prestam serviços de poda à LG engenharia.  O sindicato impetrou uma liminar no Tribunal Regional do Trabalho reivindicando o bloqueio de R$ 3 milhões de crédito que a empresa tem para receber junto à Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), principal estatal responsável pelas obras realizadas em Brasília.

De acordo com o secretário de Finanças do Sindlurb, Raimundo Nonato, em 2017 a empresa firmou contrato de um ano com Novacap. Mediante o fornecimento de garis, mais de 200 trabalhadores foram admitidos para realizarem a podagem e implantarem o gramado no campo do Estádio JK, localizado no Paranoá. Entretanto, a direção do sindicato afirma que a empresa demitiu parte do pessoal e não pagou as verbas referentes à rescisão contratual. Além disso, os demais funcionários alegam que enfrentam constantes atrasos nos salários e benefícios.

Por esse motivo, o Sindlurb exige que, caso a LG insista em continuar atrasando os vencimentos da categoria, a Novacap repasse os valores diretamente aos trabalhadores.

“Esperamos resolver esse impasse o quanto antes, pois não podemos permitir que os garis continuem sofrendo com atrasos. Queremos que a empresa se justifique e solucione esse problema. Nós, do Sindlurb, não descansaremos até que cada trabalhador e trabalhadora receba o que lhes é de direito”, concluiu o sindicalista.

A audiência acontece às 10h30, na 15ª Vara do Trabalho de Brasília.

Fonte: CUT Brasília 

Deixe um comentário:

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome