Comerciários se solidarizam com o Acampamento Lula Livre

Em apoio e solidariedade aos mais de 500 trabalhadores que acampam em defesa de Lula e da democracia, os companheiros da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Comércio e Serviços (Contracs) e do Sindicato dos Empregados no Comércio do DF (Sindicom) doaram alimentos para os trabalhadores do Acampamento Lula Livre nesta sexta-feira (13).

Em uma demonstração de unidade de luta e cooperação, os sindicalistas conclamaram aos demais sindicatos que também colaborem com esta importante causa.

“É muito importante que reconheçamos o esforço desses companheiros que lutam pela democracia e pela liberdade do maior presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva”, explicou o diretor da Contracs Luiz Saraiva. Para ele, os acampados representam cada brasileiro e cada brasileira que se indignou com a injustiça cometida a Lula

Instalado nesta quinta-feira (12/4), no Nilson Nelson, o acampamento é organizado pelo Campo Unitário que engloba movimentos e entidades ligados ao campo, como o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e a Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares).

Uma importante campanha de doações de alimentos para suprir as necessidades dos acampados foi lançada e, diversos itens como arroz, feijão, carne, legumes, verduras, macarrão e vários outros, poderão ser deixados em uma tenda específica no local.

Além disso, são aceitas doações em dinheiro. Neste caso, pessoas interessadas devem acessar o site www.vigilialulalivre.pt.org.br e seguir o passo a passo para a doação.

Contribua!

Fonte: CUT Brasília

Deixe um comentário:

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome