CONTRAF BRASIL repudia a injustiça cometida contra Lula

A CONTRAF BRASIL, entidade que representa a Agricultura Familiar, declara seu repúdio à injustiça cometida pelo Supremo Tribunal Federal ao negar a Lula, ex-presidente da República, o direito que é de todo cidadão, o de defender-se em liberdade até a última instância, como também a determinação do juiz federal Sérgio Moro, nesta quinta-feira (5), de prendê-lo.

Para a agricultura familiar, a decisão ameaça os avanços do país rumo ao desenvolvimento social e econômico, pois o que está em jogo é um projeto político a favor de menos desigualdade social e que garante o direito dos trabalhadores.

Em ano de eleições presidenciais, os fatos demonstram preocupação quando se existe um cenário de desmonte de políticas públicas e de perseguição política.

Para a agricultura familiar, o julgamento e determinação da prisão de Lula é uma articulação política que pretende governar por meio da austeridade, provocando um Estado de exceção.

A CONTRAF BRASIL e suas federações e sindicatos, reafirmam sua luta em defesa de Lula e de ser candidato nas eleições de 2018, porque acreditamos na sua inocência e reconhecemos sua governança dos últimos 12 anos responsáveis pelo avanço e valorização da Agricultura Familiar.

Portanto a CONTRAF BRASIL, convoca todos os trabalhadores e trabalhadoras da Agricultura Familiar de suas federações, sindicatos e associações, para ocuparem as ruas em protesto a decisão da Justiça que criminaliza um inocente, nosso ex-presidente Lula, na demonstração de que nossa sociedade, o povo, não concorda com essa sentença, que entra para o rol das injustiças cometidas em detrimento de o acordão político.

CONTRAF BRASIL
Coordenação Nacional

Deixe um comentário:

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome