Servidores públicos federais no DF param no dia 19

O Dia Nacional de Lutas, Paralisações e Manifestações contra a reforma da Previdência, agendado para 19 de fevereiro, será engrossado pelos servidores públicos federais no DF. Neste dia, a categoria realizará paralisação das atividades e lançará a Campanha Salarial 2018.

O lançamento da campanha será às 15h, em frente ao bloco K do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Nacionalmente, a categoria aprovou a luta pela aplicação de um índice de 25,63% projetado pelo Dieese como percentual que representa perdas salariais dos últimos anos. O cumprimento de acordos firmados e assinados em 2015 com diversas categorias também faz parte dos eixos centrais de reivindicação da campanha, além do pleito pela data base em 1º de maio.

Mais tarde, às 17h, os servidores públicos federais no DF se juntarão às demais categorias de trabalhadores no ato em defesa das aposentadorias, promovido pela CUT Brasília e sindicatos filiados, no Museu da República.

O texto da reforma da Previdência está em tramitação na Câmara dos Deputados como PEC 287/2016. O esforço da base governista é para votar a medida na semana de 19 a 23 de fevereiro. Mas, até gora, o governo não conseguiu reunir os 308 votos necessários para aprovar a reforma, embora venha fazendo todas as manobras possíveis para atingir o número.

Fonte: CUT Brasília

Deixe um comentário:

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome